Quem lembra aqui

Wesley Prado é recifense, jornalista, leonino e nostálgico. Lembra da queda do Muro de Berlin. Simplesmente louco por quadrinhos, RPG, livros e cinema. Criador do Caixa da Memória, mas humilde demais para querer ser chamado de deus ou papai. Formado em jornalismo pela UFPE. Atualmente, morando bem longe do Recife.

João Franco (ou João de Campo Grande) está envolvido com Magic desde 1997 (culpa de Wesley!).  Atualmente, está mais para lagartixa (vendedor de cards) do que para jacaré (jogador de Magic). Leitor voraz, gamer de responsa, entrou nessa de webdesign e comunicação. Não quer ver o Sport ser rebaixado de novo nem tão cedo. É da paz, mas não fuma o cachimbo. Puro sossego e bom humor. Ah, e sincero
TwitterFacebookGoogle+

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

Quem já lembrou por aqui

Débora Leão tem 24 anos, estuda bateria e toca Jornalismo. Blogueira, rubro-negra, libriana, nordestina e neurótica. Gosta de viagens no tempo em Deloreans e queria ter nascido nos anos 80. Comandou a coluna Videodrome por oito edições.
Estagiou no Blog de João Alberto, coluna social do Diario de Pernambuco, e escreveu no blog Bonequinha Sem Luxo, com as amigas e também jornalistas Larissa Lins e Nicoly Monteiro. Formou-se em jornalismo pela UFPE (com a maior plateia já vista numa defesa de TCC na história recente do curso ;P). Atualmente é assessora de imprensa na Multi Comunicação.




Lidianne Andrade é uma Pernambucana casada com o jornalismo, de caso com a fotografia e com amantes bem presentes, as séries de televisão. Anda de mãos dadas com as artes plásticas e dá uns beijos no webjornalismo, mas nada muito sério. Escreveu sobre fotografia e seriados. Formou-se em jornalismo pela Unicap. Manteve por um tempo o Tumblr Nerdismo Feminino.




Thiago Moreira divide-se em dois hemisférios: um deles é hacker inveterado, o outro jornalista devotado. 32 anos, formou-se em jornalismo pela UFPE. Consumidor voraz de música, cinema, games, livros, quadrinhos e tecnologia. Não necessariamente nesta ordem.
Escreveu sobre música e tecnologia. Estagiou no caderno de Informática do Diario de Pernambuco. Atualmente, faz mestrado no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPE.




Rafael Martins, mais conhecido entre os amigos como "O Doido", teve a infância que a infância de hoje merecia - e não tem. Corria, pulava e aprontava todo santo dia. É do tipo que serrava o gesso antes de regenerar a fratura. Sonhador por vocação, prefere uma mentira que faça rir a uma verdade que faça chorar, assim como o vento em seu rosto e nenhum chão sob seus pés. E é o amigo mais leal que um sujeito pode ter. Formado em Sociologia pela UFRPE.

Nenhum comentário:

Uêba - Os Melhores Links Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!