segunda-feira, 11 de março de 2013

Portões Violados, ou A casa caiu, mano Wizards!


– Por João Franco

“Abram bem os portões, abram os portões antigos, e entrará o Rei da glória.”
Salmo 24, versículo 7

Retorno depois do Retorno, compartilhando o que o meu espírito sentiu ao ler a lista oficial da segunda série deste novo bloco de Ravnica. Interessante: depois de lê-la, bateu um desgosto profundo. Nada servia! Nada! Ecoaram no fórum do MTG Salvation vozes como a minha: é a pior edição desde Salvadores de Kamigawa. Naturalmente que não a analisei pensando no Standard, e sim nos formatos eternos e nos meus decks casuais.

Mas hoje, depois de analisar card por card e contando com o recurso da imagem, vi as coisas um pouco diferentes. Vamos lá!


BRANCAS
>>Arte
Aerojek Audaz

Cheio de moral na sua capa Boros esvoaçante, enquanto sua montaria espera.

Castigo

Uma mistura de uso da luz e bom humor. O texto ilustrativo segue na mesma linha.

Elite Boros

Mais uma guerreira do bloco novo que transborda precisão e seriedade. O figurino ficou 10!

Gideon, Campeão da Justiça

Apesar de a pose ser no melhor estilo catálogo de armaduras, o brilho ficou interessante: é como se ele estivesse perto do fogo. [clique na carta caso não esteja conseguindo enxergar o texto]

Manto Sagrado

O penteado parou no tempo – fim dos anos 1980 – mas quando ela caminha, as criaturas param. O poder flui das mãos sob a forma da luz da justiça.

Protetor Urbano

A expressão do camarada é bem brasileira: "Você sabe com quem está falando?". E é amparada pelo lindo anjo de armadura que lhe fornece cobertura.

Proteção Antiguilda

A riqueza de detalhes do portão impressiona, bem como o realismo dos jatos de chamas.

Édito Angelical

A Bíblia nos ensina que tem gente arrebatada aos céus num carro de fogo. O bonitão aí da foto ascendeu numa liteira carregada por anjos... Mas alguma ele aprontou! Nuvens lindas, anjos de asas imaculadas e uma nesga de céu, lá no alto, completam uma das imagens mais bonitas de Portões Violados.

>>Construído
Escaramuçadora Angelical

Mais um daqueles anjos que custam 6 e permanecem encalhados nas nossas pastas... Eu sei que é difícil harmonizar mais criaturas e um anjo que custa 4WW, mas imagine o estrago se ele e mais duas criaturas suas ganharem vínculo com a vida a cada manutenção sua! Um deles está no meu Fulgor da Subjugação casual.

Habitante da Rua do Tribunal

Eu o usaria num WW Pauper T2, principalmente quando você começa a partida. Você vai baixando criaturas e batendo como se não houvesse amanhã, graças à habilidade de virar.

Médico da Linha de Frente

Ainda acho a habilidade de Batalhão pouco realista, pois não consigo visualizar três criaturas atacando, mas reconheçamos que se elas estiverem indestrutíveis, um sorriso estará no meu rosto. E a segunda habilidade não é de se jogar fora:  Revelação da Esfinge, Retorno de Rakdos, Fogueira dos Malditos...


AZUIS
>>Arte
Fantasma da Linha de Força

Uma ilusão toda trabalhada no azul-cobalto, contrastando com o tom terroso da rua.

Forjador de Realidade

Totalmente adequada ao card! Lindo contraste urbano-natural numa arte que parece um espelho.

Identidade Roubada

E o medão depois de encarar esses olhos frios e ver o gelo seco que se desprende da figura?

Sílfide da Metrópole

Bem diferente, lembrando uma colagem! O penteado e o vestido da fadinha têm um ar retrô e suas asas parecem de papel de seda. Mas as armas devem ser afiadas!

>>Construído
Adentrar o Infinito


Esta joga em Legacy ou Vintage. Use Salões Oníricos e remova um card azul para ficar com o deck inteiro na mão, jogar uma infinidade de mágicas e ganhar com uma Gavinhasda Agonia gigantesca!



PRETAS
>>Arte
Espião de Balaustrada

Um contraste entre a riqueza de detalhes da balaustrada e do vampiro e entre a cidade enevoada ao fundo. Belo tom-sobre-tom em marrom.

Habitante do Beco das Sombras

Aqui, mais contraste: a palidez da jovem e o seu cabelo preto; os pontos de luz e as sombras nas laterais; o vermelho dos lábios e o negro do vestido. Não se deixe seduzir: dê meia-volta enquanto ainda há tempo!

Parasita Thrull

Tão realista que causa arrepios! O parasita lembra aquele feioso de O Labirinto do Fauno e vai mergulhar os dentes afiados na garganta do rapaz imobilizado. Dei valor!

Senhorio Ogro

Bem-humorada a relação entre os bichinhos de dentes brancos e afiados e o grandão musculoso.

Sombra do Portal


Ryan Yee sempre se superando neste bloco! Riquíssimo portal de detalhes oníricos e esfumaçados, poderia estar num quadro de um dos grandes mestres, como Rubens.




VERMELHAS
>>Arte
Andarilho das Brasas

Você tem a impressão de que o card vai queimar sua mão: fogo por todos os lados, que o chifrudo incandescente espalha por onde passa.

Habilidades do Inconsequente

A expressão do rapaz lembra a do travesso Teferi. Gostei das parábolas ígneas e do brilho que elas projetam sobre ele.

Punhos Trovejantes Altaneiro

Eu sei que o brutamontes é o Maraxus de Keld escritinho, mas a postura corporal dele e o tamanho da arma realmente o destacam na multidão. Ai de quem pisar no pé desse gigante!

Relâmpago Guiado

Bem adaptada ao conceito do card, os quatro relâmpagos têm endereço certo. A postura do mago e a sua inclinação também são interessantes.

>>Construído
Ato de Traição

Sempre útil contra aquelas criaturas gigantescas! A ilustração também se destaca como a melhor deste card que está entre nós desde Magic 2010.

Lealista da Legião


Talvez este pequenino sirva como uma luva num deck de goblins. Pena que desde que você tenha mais dois amiguinhos para brincar com ele. Tem potencial!




VERDES
>>Arte
Crocanuro

Bem realista! Coitado do belo pássaro azul...

Defesa da Torre

Cheia de movimento, a arte convence pela riqueza de detalhes e pelo verde-musgo em tom-sobre-tom.

Habitante da Travessa da Hera

Essa lona de barraca atrás da vendedora tem cores chapadas que passam a impressão de lona de circo.

Lembrança Serena

Mais um card lindo que mescla sua funcionalidade com uma arte que transmite sonho, luz e realismo no traço.

Naturalizar

Décima primeira versão deste clássico do sideboard – a mais bela de todas. Auto-explicativa e verde, muito verde. Preciso de quatro.

Refúgio Verdejante

Cena rara no Magic: uma feira, cheia de gente normal e de harmonia. Muita claridade.

Tracista de Espirais

A elfa é pura velocidade e habilidade com uma corda nas mãos! O card transpira movimento na cabeleira esvoaçante e no ângulo oblíquo da construção.

>>Construído
Adéfago Gigante

Eu quero reanimar esse bichão. Mas será que ele entra mesmo no deck? Essa habilidade de se copiar evitaria perdê-lo para uma remoção comprada pelo oponente, mas existem outras opções melhores...

Golias de Skarrg


Também tem que ser reanimado... É dinamite pura! 9/9 pra acabar logo com o jogo, atropelando tudo!




DOURADAS & HÍBRIDAS
>>Arte
Andarilho Mortus

Bem Dimir a combinação do preto dos trapos e do azul-cobalto da energia. A cidade ao fundo prima pelos detalhes.

Anjo do Pacto de Morte

Este belo anjo malvado tem asas mais negras que a asa da graúna e uma postura imponente. A foice combina até com o vestido dourado. Muito elegante, a criatura!

Aristocrata do Cartel

A postura de bailarina realmente é aristocrática, assim como as roupas no melhor estilo Orzhov. Perceba como a luz do sol destaca o símbolo da guilda, à esquerda.

Aurélia, Líder de Guerra

Slawomir Maniak misturou branco e vermelho para pintar o poente de cor-de-rosa e preparar o plano de fundo para mais um ataque deste anjo guerreiro. A cabeleira ruiva reflete o fogo da batalha.

Chamado do Noctóptero

Esta criatura horrível ainda tenta se passar por inocente devido à aparência de filhote mas suas patas afiadas e seus olhinhos maus são ressaltados pela lua cheia, ao fundo.

Confissão Forçada

Três expressões super adequadas à cena, riqueza de detalhes e a luz mortiça me fazem colocar este card entre os melhores da série. Obrigado, Mathias Kollros.

Dádiva de Orzhova

Babei: a vertigem criada pelo ângulo e as asas com motivo de vitral fazem desta arte a melhor da série. E ponto!

Ilusões Paranoicas

Muito boa a ideia da paranoia Dimir se aproximando pelas costas. E a riqueza de detalhes da mesa?

Krasis Dragonóptero

Imagine um dragonete surgindo de nuvens de algodão. Agora olhe lá pro alto.

Mago de Guilda da Morada do Sol

Boa inclinação do guerreiro. E a primeira habilidade está se refletindo na armadura dele!

Paladino do Fogo Genuíno

Outro ângulo de visão que torna o paladino mais alto e mostra o estandarde com o símbolo arretado da guilda. E o céu laranja, que deixa tudo em cores quentes?

Resgate de Alma

Bem diferente: lembra um vitral sobreposto ou uma ilustração dentro da outra. Dei valor, Steve Argyle!

Vingador Cabeleira de Fogo

Meu amigo, isso sim é que é vingança! Na mão esquerda do anjo, a hélice de raios; na direita, uma espada que não tem mais tamanho. Adicione asas ricamente detalhadas e uma cidade enevoada lá embaixo pra ter uma ilustração bonita e adequada ao card.

>>Construído
Alabardeiros Wojek

Jogaria no meu Boros Pauper. 3/2 por dois manas é bom negócio e o Batalhão vem de brinde.

Alto Sacerdote de Penitência

Tem potencial e pode ficar eternamente na defesa, esperando bloquear e destruir alguma coisa importante do oponente.

Amuleto Boros

Três habilidades boas! Impressiona, pra uma incomum!

Amuleto Dimir

Bem versátil! Naturalmente que a remoção fala mais alto, mas os outros dois efeitos podem ser bem úteis. Entrou no meu deck casual de Psicatogue.

Biovisionário

Ele grita: combe comigo! Naturalmente, tem potencial... Mas não vale me perguntar onde!

Emissário da Árvore Flamejante

Grátis! Está turbinando decks rapidinhos no Standard e pode auxiliar decks de Rajada, sendo mais uma mágica que se banca.

Evolução Urbana

Bem justa! Vantagem em cartas em dois sentidos.

Furor do Clã Ghor

Normalmente, seria decente. Mas a segunda habilidade a transforma em jogável em qualquer Gruul.

Fúria de Aurélia

Detalhe que a carta é linda. E claro que é toda boa... Só espera o deck certo no T2.

Infante da Centelha

Claro que joga no Boros! Só não vale bloquear o bicho com algum que tenha iniciativa...

Mago de Guilda de Skarrg


A segunda habilidade me deixa gelado de pavor. Você pode ir ativando, causando um estrago e acumulando cartas na mão.



ARTEFATOS & TERRENOS
>>Arte
Novamente, todas as chaves rúnicas. Adicionalmente, as releituras dos terrenos duplos.

Gárgula Milenar

Totalmente cinza, a feinha vigia tudo lá de cima há um bom tempo. Rica em detalhes!

Prisma Profético

Bela volta deste card que ajuda os pobres a corrigirem suas bases de mana! Linda cintilação!

>>Construído
Todos os terrenos do tipo Portão, que trazem novas possibilidades para o Pauper.


CONCLUSÃO
Infelizmente, as habilidades Batalhão, Evoluir, Extorquir e Cifrar não me convenceram. Podem ser boas para Limitado. Alguns cards realmente impactaram o Tipo 2, mas não vi uma carta que realmente mexesse comigo.

Adotei o Medalhão Dimir e estou experimentando uma Escaramuçadora Angelical. Verde, vermelho e preto não me disseram nada. Vi algumas possibilidades e poucas realidades. Claro que os dez terrenos, sejam duplos ou portões, são muito bem-vindos. Mas e o resto? Os cinco terrenos duplos são reimpressões. Não posso viver apenas do perigosíssimo Mago de Guilda de Skarrg!

Ganhamos alguns bichinhos (já que os bichões são apenas apostas), uma remoção (Amuleto Dimir), um pau-pra-toda-obra (Amuleto Boros) e cinco portões, que reinarão no Pauper. Achei pouco.

Pelo menos a arte continua um primor. Inclusive, estou com vontade de comprar os belos cards que elogio aqui no Caixa da Memória.



Em suma: 8 cards em 249. Três por cento e uns quebrados. Nota 5, dona Wizards! Poderia ter sido bem melhor...



= = = = =


Para conferir as análises das expansões anteriores, é só clicar nos links abaixo:

= = = = =

Algum termo te deixou confuso? Tire suas dúvidas – ou comece a entender um pouco de Magic – no nosso Glossário MTG! ;)

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

João Franco (ou João de Campo Grande) está envolvido com Magic desde 1997 (culpa de Wesley!).  Atualmente, está mais para lagartixa (vendedor de cards) do que para jacaré (jogador de Magic). Leitor voraz, gamer de responsa, entrou nessa de webdesign e comunicação. Não quer ver o Sport ser rebaixado de novo nem tão cedo. É da paz, mas não fuma o cachimbo. Puro sossego e bom humor. Ah, e sincero

2 comentários:

Berg disse...

Gostei muito dos comentarios sobre as cartas desta nova edição e realmente concordo que não esta muito úteis essas habilidades. Saibamos que não sou jogador de T2 e por enquanto deixei de jogar torneios, porém pela pouca experiência que tenho em Magic (MTG) conclui que essas habilidades são muito ruins, pois depende de algo para serem ativadas isso demora muito podendo se torna obsoleta no campo de batalha (já esta morto rapaz). Obrigado pela atenção.
Cibhergue Ventura (Berg)

João de Campo Grande disse...

Pouca experiência? 17 anos jogando! Imaginem se fosse muita! ;D
As novas habilidades são pouco importantes no sentido de merecerem um deck exclusivo, como Loucura, Afinidade por artefatos, Fractius... Vemos aqui e ali uma aplicação (Médico da frente de batalha; Obediência Cega; Experimento 1), mas não passa disso.

Uêba - Os Melhores Links Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!