quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Falsas Promessas (ou Porque não voto em Serra)

Salário de R$600
A coisa mais canalha que ele podia prometer. Para quem se diz economista, Serra alimenta uma ilusão das grandes no eleitor menos crítico. Se todos os anos, inclusive (e especialmente) durante o período FHC, cada aumento salarial era, literalmente, custoso de ser conquistado, a quem Serra quer enganar com um aumento de R$90, já para o ano que vem? É irreal, tremendamente irreal. Ele afirma que é possível. Só se ele tem os dados dos empresários podres de ricos que já planejam um bom número de demissões - ou a jogada muito esperta de negociar uma baixa no salário do funcionário para que ele aceite continuar empregado. Aquela coisa de "Só posso pagar tanto. Ou isso ou desemprego, que prefere?". E não adianta dizer que isso é uma absurdo, uma mentira. Esse tipo de coisa já acontece desde muito antes de Lula e FHC.

Aumento de 10% para aposentados
Bacana, muito bacana. Se ele não prometesse isso junto com o salário de R$600. Acho que Serra deve ser muito ruim de matemática. Senão, perceberia que todos esses acréscimos financeiros combinados empurrarão o país para uma situação de esvaziamento de divisas. Mas claro, sempre tem uma privatizaçãozinha guardada na manga...

Guarda nacional de fronteira
Sinceramente, o Brasil não consegue combater o crime dentro das cidades. Quem Serra acredita ser para conseguir "fechar" de vez as fronteiras imensas e inóspitas do país? Não conseguimos sequer controlar a  muamba que entra pela fronteira com o Paraguai! O máximo que vai acontecer vai ser um desvio monstruoso de $$ de educação, saúde e outras áreas para criar essa Tropa de Elite da Amazônia, que diferentemente do filme, não vai funcionar. Gênio, Serra, gênio.

Governo acima dos partidos
HIPOCRISIA DO CACETE! Em nenhum governo democrático se faz política sem partidos! A primeira decisão de Serra, caso eleito (e Deus nos livre disso!), será para que partidos vai distribuir os ministérios. Na mão de quem ele vai deixar os "sub-poderes" da nação. E a lama já correrá solta antes mesmo de 1º de janeiro... Qualé, Serra? Pra cima de mim?

Dois professores em sala de aula
Engraçado que esse projeto é mostrado no guia como algo bem sucedido que vem sendo desenvolvido há séculos em São Paulo. Se fosse verdade, não acha que já teríamos ouvido falar ainda na campanha do 1º turno, ou beeem antes? Mas nosso sensível candidato aposta que dois professores em sala de aula vai revolucionar o ensino. Balela. Dois professores significa o dobro da folha de pagamento, o que significa mais custo. Some isso a conta (salário de R$600 + 10% de aumento para os aposentados) e o que vemos é um mega rombo na receita. Mais uma vez, o que provavelmente vai acontecer serão demissões, queda salarial... e um ensino piorado por profissionais insatisfeitos. Outra bola fora do careca...

Posicionamento sobre aborto
Neste ponto, ambos os candidatos merecem puxão de orelha - ou bolinha de papel. Ambos são favoráveis ao aborto mas, por conta de uma campanha fiadaputa suja e medieval, onde a religião entrou fudendo pra valer na pauta, Dilma e Serra se viram obrigados a assumir uma postura puritana e descabida, totalmente desalinhada com a realidade. Aborto já virou questão de saúde pública faz tempo, meus caros.

Passado esquecido...
Por falar em promessas eleitorais, o povo deve estar esquecido de que, nos primórdios da campanha, Serra falou em privatização das estradas brasileiras, uma ampliação em escala nacional da grande fuleragem obra que ele fez em São Paulo. Os marketeiros dele, desesperados, trataram logo de avisar que ele "esquecesse" ter mencionado isso algum dia, por medo de que Serra já afundasse sua campanha antes mesmo de zarpar. Mas será que ele esqueceu mesmo? Será que, se eleito, ele não vai "ressuscitar" essa ideia? Ai, ai, sei não viu...

Paulo Preto
Não estou muito inteirado a respeito do escândalo Paulo Preto. O pouco que sei se constitui no seguinte: o cara estaria sendo acusado de sumir com o $$ da campanha tucana - 4 milhões, se não estou enganado - e, quando começou a ser pressionado, ameaçou soltar o verbo contra Serra e seus companheiros. Serra, que num dia dizia não conhecer Paulo Preto, no seguinte já o elogiava abertamente. Comofaz?


Enfim, acho que já são razões suficientes para não votar no careca...


Um comentário:

Caio Viana disse...

Todas as razões!!!

Uêba - Os Melhores Links Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!