terça-feira, 7 de junho de 2011

[Psicotrópicas] 12 de Junho

Era Carnaval.
Pessoas-luzes, tudo sem igual
Nunca tinha visto tanta cor.
Foi num baile que você me escolheu.
Todos de máscara pra não se saber a quem feriu.
Infelizmente, pra nossa dança não havia música.
Ficávamos só de negativas, tomados pelo vinho tinto.
Desde o terceiro momento,
naquela conversa meio atravessada,
quando rasgaste meu peito e comeste meu coração,
nunca mais eu tive sossego.
A cada Reveillon, saudade e dor se misturam.
Nos meus aniversários, tão solitários, você sempre está longe demais.
Enquanto for assim entre nós dois,
você em Kyoto, eu em Berlim,
não tenho o que comemorar. Não hoje.

Nenhum comentário:

Uêba - Os Melhores Links Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!