quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

(Re)encontrando Nara

Isabel Diegues, filha de Nara Leão, que hoje completaria 70 anos, liberou na última sexta-feira (13) um site com todo acervo musical da cantora, além de documentos históricos e raridades. Um verdadeiro presente para os fãs.

Nara em sessão de fotos, 1963.
Imagem: acervo do site
Isabel Diegues, filha de Nara Leão com o cineasta Cacá Diegues, criou um site onde se pode apreciar toda a obra de Nara, absolutamente de graça. Toda a discografia da cantora está lá, com direito às fichas técnicas de cada álbum, assim como textos dos encartes, fotos, gravações esparsas e, claro, as letras de cada canção.

Além das músicas, é possível consultar uma cronologia da cantora, partindo de seu nascimento, em 19 de janeiro de 1942 (oh, god, ela era de capricórnio!), passando pela sua estreia nos palcos em 1959, seu primeiro disco (Nara, de 1964), o sucesso nas décadas seguintes, com direito a turnês internacionais, e concluindo com o seu falecimento em 7 de junho de 1989. Todas essas informações acompanhadas de galerias de fotos, vídeos e documentos, alguns deles curiosos, como um exame de caligrafia que Nara fez aos 6 anos e suas impressões de quando visitou o Hospital do Rio.

Foram três anos de pesquisa e muita labuta para coletar os dados que compõe o site. Sem o apoio de órgãos oficiais de cultura ou leis de incentivo. "Isso precisava estar disponível para quem quisesse conhecer ou rever a obra de Nara, já que a gravadora não relança os discos", disse Isabel para o site do jornal O Tempo, de Minas Gerais. Isabel contou com a ajuda do pesquisador Frederico Coelho e com o layout da 6D Estúdio.


"(...) a canção popular pode dar às pessoas algo mais que a distração e o deleite. A canção popular pode ajudá-las a compreender melhor o mundo onde vivem e a se identificarem num nível mais alto de compreensão. A música popular é um dos mais amplos modos de comunicação que o próprio povo criou, para que as pessoas contassem uma às outras, cantando suas experiências, suas alegrias e tristezas."
-Nara Leão, em texto para o encarte do disco Opinião de Nara.

Nara em pessoa
Nara Lofego Leão nasceu em Vitória, Espírito Santo, no início da década de 40. Ficou conhecida pela voz doce e afinada e pelo visual sincero e despojado. Gravou composições de grandes nomes da MPB, como Cartola, Nelson Cavaquinho, Jards Macalé, Paulinho da Viola e Chico Buarque. Era extremamente politizada, defendendo abertamente pensamentos de esquerda em plena ditadura. Por tal motivo, foi ameaçada de prisão, por enquadramento na Lei de Segurança Nacional. Dentre suas performances mais conhecidas, está a interpretação de A banda, de Chico Buarque, no Festival de Música Popular da Rede Record de 1966, no qual saiu vencedora (ao lado de Chico), junto com Geraldo Vandré, que ganhou com a canção Disparada, interpretada por Jair Rodrigues. Seu último disco, My Foolish Heart, foi lançado em 1989. Mesmo ano em que faleceu precocemente, aos 49 anos, vítima de um tumor cerebral, na Casa de Saúde São José, Rio de Janeiro.

Site: www.naraleao.com.br

Nenhum comentário:

Uêba - Os Melhores Links Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!