domingo, 20 de novembro de 2011

O Lado Nix da força nerd

Se tem uma coisa que está na moda é cultura nerd. Nunca antes na história deste país - ou de nenhum outro - o rótulo de nerd significou ser cool. Foi nessa onda de nerdismo mundo afora que vimos games serem adaptados para o cinema, Alotoni e Azaghal (do Jovem Nerd) serem considerados exemplos de empreendedorismo, livros virarem best sellers com fanbase puramente de nerds (vide A Batalha do Apocalipse, de Eduardo Spohr) e referências pop acumuladas em cada vez mais objetos de consumo. Neste quesito, quando se fala em seriado, pensamos logo em The Big Bang Theory, estrelada pelo quinteto Jim Parsons, Johnny Galecki, Simon Helberg, Kunal Nayyar e Kaley Cuoco. Quem diria que uma sitcom protagonizada por quatro cientistas nerds e uma loira gatinha-fútil-meio-burrinha-mais-muito-legal daria tão certo?

Na onda nerd que toma o planeta, surgiu um novo tipo de entretenimento, a websérie. A primeira que descobri foi The Guild, que eu poderia rotular como hardcore nerd. A história? Um grupo de jogadores de MMORPG (ou numa tradução livre, RPG online de multiplayer massivo) passam a se encontrar e viver grandes desafios, não apenas dentro mas fora do jogo. Idealizado por Felicia Day, que também estrela The Guild, a série começou como um projeto independente e despretensioso. Hoje, já na sua quinta temporada, funciona como qualquer seriado famoso, com direito a box de DVDs, divulgação patrocinada e tudo mais. Felicia Day ficou tão na boa com os nerds que recentemente estrelou outra websérie ligada a RPG: trata-se de Dragon Age Redemption, baseada no famoso game que depois ganhou sua versão para RPG de mesa e que é editado no Brasil pela Jambô Editora.

Você pensa que o Brasil ficou de fora das webséries? Que nada! Na vibe nerd de The Big Bang Theory com a loucura de Scott Pilgrim contra o Mundo, a Mambo Jack Filmes criou Lado Nix. A história versa sobre uma jovem chamada Nix que trabalha numa comic shop e que sonha em publicar uma graphic novel de sua autoria, O Górgole. Acontece que no seu caminho estão as dificuldades típicas enfrentadas por qualquer novo quadrinista, além de uma vilã terrível: sua (ex)amiga de infância e que atualmente só quer ver sua ruína.

Com direito a referências do cinema, quadrinhos, games e RPG, Lado Nix promete ser um sucesso - especialmente se nós, nerds, fizermos nossa parte com divulgação. Os efeitos são um pouco fracos em alguns pontos, mas na maioria das cenas, bastante competentes - especialmente quando se trata de algo produzido de forma tão independente assim no Brasil.
Confira abaixo a primeira temporada completa da websérie, com 5 episódios de 7 minutos, em média. A segunda temporada está prevista para 2012 - e que venha logo!

S01E01 - Um Novo Começo

S01E02 - Pesadelos

S01E03 - Mei Mei e Shazam

S01E04 - Festivus Hero

S01E05 - Vico Velasquez

Twitter: @lado_nix

Wesley Prado é recifense, leonino, quase jornalista e nostálgico. Lembra da queda do Muro de Berlin. Simplesmente louco por quadrinhos, RPG, livros e cinema. Criador do Caixa da Memória, mas humilde demais para querer ser chamado de deus ou papai.

Nenhum comentário:

Uêba - Os Melhores Links Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!